A Carregar
230 Milhões de Europeus já escolheram o mutualismo como sistema de proteção social.

 

O que é o Mutualismo:

Alicerçado no progresso e coesão social, na solidariedade, na cidadania ativa, na liberdade e na responsabilidade social, o Mutualismo tem como objetivo complementar as prestações concedidas pelos sistemas públicos de saúde e segurança social.

O Mutualismo é um sistema de proteção social:

- Autofinanciado pelos seus associados, que não depende do Estado;

- Sem fins lucrativos, cuja rentabilidade se distribui por todos os associados através da melhoria dos benefícios ou da redução das quotas;

- De natureza particular, mas de carater social, considerando que os seus preços são substancialmente inferiores aos praticados pelo mercado.

O Mutualismo é, assim, a solução indispensável para garantir uma auto-proteção em áreas como a segurança social e a saúde, com custos mais baixos e com serviços mais humanizados e de maior qualidade.

Numa era em que o envelhecimento da população, o desequilíbrio do sistema público de segurança social, a precariedade do emprego e o crescente individualismo da sociedade são problemas preocupantes e de difícil resolução, impõe-se encontrar respostas sociais capazes de os minimizar. O Mutualismo é a solução!

O Mutualismo é um movimento em que o funcionamento democrático assume uma importância fulcral, na medida em que as decisões são tomadas pelos próprios associados em Assembleia Geral, permitindo às pessoas participarem ativamente e decidirem os contornos da sua protecção social.